Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

RETOMADA DA DEMOCRACIA – Em primeira reunião sem intervenção, CONSUNI aprova refiliação da UFC à ANDIFES

A reunião ocorreu na última quarta-feira (23) após quatro anos de intervenção autoritária na UFC (Fotos: Viktor Braga)

Foi realizada na última quarta-feira (23), após quatro anos, a primeira reunião ordinária do Conselho Universitário (CONSUNI) sem intervenção na Universidade Federal do Ceará (UFC). Entre as deliberações do colegiado, agora presidido pelo reitor Custódio Almeida, está a refiliação da UFC, aprovada por aclamação, à Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES), após uma saída arbitrária comandada pelo ex-interventor. Também foram aprovadas seis matérias, entre elas a que confirma os nomes dos oito novos pró-reitores e a criação da Pró-Reitoria de Cultura (PROCULT), a ser comandada pelo Prof. Sandro Gouveia.

Na avaliação do Prof. Custódio Almeida, a saída da universidade da ANDIFES, entidade que cumpriu papel destacado na defesa das universidades durante o governo Bolsonaro, culminou em isolamento político. Conforme a nova administração superior, a filiação devolve aos gestores da UFC, além da retomada das relações políticas e administrativas, o direito à participação em fóruns setoriais de pró-reitores de abrangência nacional, espaços de troca e aprendizado, nos quais são formalizadas alianças em projetos estruturantes. 

Atualmente, as universidades e institutos federais só podem se filiar e desfiliar da ANDIFES por decisão majoritária de seus conselhos superiores. A saída da UFC da ANDIFES, que ocorreu em julho de 2021, foi mais uma decisão unilateral do ex-interventor, que aderiu à Associação dos Reitores das Universidades Federais do Brasil, a AFEBRAS, na prática uma associação de interventores, reunindo cinco deles. Para desfiliar a UFC da ANDIFES, uma vez que a participação era institucional, teria sido necessária a apreciação da pauta no CONSUNI, o que não ocorreu. À época dos acontecimentos, a ADUFC demonstrou repúdio e buscou diversas formas – inclusive as possibilidades legais – de enfrentar a situação. 

Na abertura dos trabalhos do CONSUNI, Custódio reforçou a importância dos espaços deliberativos da Universidade e do respeito à diversidade de pensamento, com destaque para a voz dos conselheiros e conselheiras – direito esse violado nos últimos quatro anos, com destaque para a exclusão estudantil nos conselhos superiores. A vice-reitora Diana Azevedo também se manifestou e qualificou o encontro como um momento histórico. Ela foi a relatora da pauta inicial, que chancelou a lista de pró-reitores: José de Paula Barros Neto (Relações Interinstitucionais); Bruno Anderson Matias da Rocha (Assistência Estudantil); Bernadete de Souza Porto (Extensão); Marilene Feitosa Soares (Gestão de Pessoas); Davi Romero de Vasconcelos (Graduação); Regina Célia Monteiro de Paula (Pesquisa e Pós-Graduação) e João Guilherme Nogueira Matias (Planejamento e Administração).

(*) Com informações do portal UFC Informa

Deixe um comentário

Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará

Av. da Universidade, 2346 – Benfica – Fortaleza/CE
E-mail: secretaria@adufc.org.br | Telefone: (85) 3066-1818

© 2024. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Web-az

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]