Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

ADUFC promove ciclo de debates com palestra inaugural do filósofo Vladimir Safatle (USP), no dia 9/2

A ADUFC-Sindicato promove, entre fevereiro e abril, o ciclo de debates “Democracia e emancipação: o papel da educação e da classe trabalhadora”, pautando diferentes temas relacionados à luta sindical e à organização dos trabalhadores. Inaugura a programação a palestra “Caminhos para enfrentar o fascismo e afirmar a democracia”, no dia 9/2, às 18h30, no Auditório da Reitoria da UFC, com o Prof. Vladimir Safatle, filósofo e docente da Universidade de São Paulo (USP), e o Prof. Custódio Almeida, do Curso de Filosofia da Universidade Federal do Ceará (UFC). “O ciclo busca ser mais um espaço para fomentar a discussão coletiva e a contribuição da academia e das universidades para pensar a sociedade”, ressalta a secretária-geral da ADUFC, Profª. Helena Martins, que está na organização do encontro e mediará a mesa.

No dia seguinte (10/2), às 18h30, Vladimir Safatle lançará o livro “Em um com o impulso”, no Auditório Izaíra Silvino, na sede da ADUFC em Fortaleza (Av. da Universidade, 2346 – Benfica), com comentário do Prof. Alexandre Nunes, da Universidade Federal do Cariri (UFCA), e mediação da vice-presidente do Sindicato, Profª. Irenísia Torres. O livro, que também está disponível em formato digital, é o primeiro volume da trilogia “Experiência estética e emancipação social”. Seu eixo procura compreender a articulação profunda entre o que está em jogo na produção artística e as expectativas de emancipação social.

Vladimir Safatle é um dos mais importantes pesquisadores e filósofos da atualidade, além de músico e psicanalista. É autor dos livros “Só mais um esforço” (2017), “O circuito dos afetos: Corpos políticos, desamparo e o fim do indivíduo” (2015) e “A esquerda que não teme dizer o seu nome” (2012), dentre outros. Já Custódio Almeida foi o candidato mais votado na última consulta para reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), mas acabou sendo preterido pelo ex-presidente Jair Bolsonaro, que preferiu nomear o concorrente com menos votos na disputa, o interventor Cândido Albuquerque. Custódio leciona na UFC há 30 anos, onde já assumiu diferentes cargos, entre os quais vice-reitor e pró-reitor de Graduação.

O ciclo de debates segue até abril, com palestras abordando temáticas como crise econômica, gênero, neoconservadorismo e militarismo na política. A segunda conferência será no dia 15/2, às 18h30, na sede da ADUFC em Fortaleza, sobre a temática “O papel da educação e dos trabalhadores na luta pela democracia”. O expositor é o Prof. Antônio Cruz, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), e a mesa de debate será composta pela Profª. Zuleide Queiroz, docente da Universidade Regional do Cariri (URCA) e 2ª vice-presidenta do ANDES-SN; e pelo Prof. Nilson Cardoso, presidente da diretoria eleita do Sindicato de Docentes da Universidade Estadual do Ceará (Sinduece). A diretora de Assuntos de Aposentados da ADUFC, Profª. Lena Espíndola, mediará a conversa.

“Resistir em tempos de crise econômica e mudanças no mundo do trabalho” é o tema da conversa do dia 2/3, com a Profª. Virgínia Fontes, da Universidade Federal Fluminense (UFF) e o Prof. Fábio Sobral (FEAAC/UFC), e mediação do presidente da ADUFC, Prof. Bruno Rocha. No dia 14/3, a discussão aborda “O papel dos militares na política no Brasil”, com exposição do Prof. Rodrigo Lentz, da Universidade de Brasília (UnB) e autor do livro “República de Segurança Nacional: militares e política no Brasil”. Na mesa de debate, Ana Vládia Holanda, do Fórum Popular de Segurança Pública, e Alessandra Felix, da Frente Estadual pelo Desencarceramento. O Prof. José Josberto Montenegro, da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), fará a mediação. Os encontros dos dias 2 e 14/3 ocorrem na sede da ADUFC-Fortaleza.

O ciclo de debates também se estenderá ao interior. “Gênero, neoconservadorismo e democracia” pautará a palestra de 22 de março, às 18h30, na ADUFC-Cariri, em Juazeiro do Norte. Estão confirmadas para a mesa as professoras Luma Andrade (UNILAB), Gema Esmeraldo (UFC) e Zuleide Queiroz (URCA), com mediação da Profª. Camila Espírito Santo, da Universidade Federal do Cariri (UFCA). O ciclo de conversas encerra-se no dia 4/4, no Campus de Auroras (UNILAB), em Redenção, com palestra sobre educação decolonial, a ser conduzida pelas professoras Inês Escobar (CCA/UFC), Matilde Ribeiro (Instituto de Humanidades/UNILAB) e Itacir Marques (Instituto de Humanidades/UNILAB).

SERVIÇO:
Abertura do ciclo de debates “Democracia e emancipação: o papel da educação e da classe trabalhadora”

“Caminhos para enfrentar o fascismo e afirmar a democracia”
Debatedores: Vladimir Safatle (USP) e Custódio Almeida (UFC)
Quando: 9/2 (quinta-feira), às 18h30
Onde: Auditório da Reitoria da UFC

Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará

Av. da Universidade, 2346 – Benfica – Fortaleza/CE
E-mail: secretaria@adufc.org.br | Telefone: (85) 3066-1818

© 2024. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Web-az

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]