Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

EDUCAÇÃO ATACADA – ADUFC repudia PL que propõe extinção da Uerj e entrega de seu patrimônio à iniciativa privada

(Foto: Jornalistas Livres/Reprodução)

A Diretoria da ADUFC-Sindicato repudia mais uma tentativa de privatização da educação e de desmonte do ensino superior público no Brasil, por meio do projeto de lei 4.673/21, do deputado bolsonarista Anderson Moraes (PSL-RJ). A matéria propõe a extinção da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e a transferência do seu patrimônio e dos alunos para a iniciativa privada. A proposta é de maio do ano passado, mas só foi publicada no Diário Oficial agora.

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, deputado André Ceciliano (PT), reafirmou que não vai colocar o projeto em votação em sua gestão. No entanto, é preciso estar vigilante sobre o avanço de projetos dessa natureza, que atacam a educação pública e reforçam o compromisso com a iniciativa privada.

Alinhado ao Governo Federal, o autor da proposta, deputado Anderson Moraes, já teve contas vinculadas ao seu gabinete removidas pelo Facebook por criar perfis falsos. Recentemente, ele obteve decisão judicial que chegou a anular o decreto da Prefeitura do Rio que impunha medidas restritivas em meio à pandemia de Covid-19.

A ADUFC se solidariza com a comunidade acadêmica da Uerj e se soma à luta da universidade em defesa da educação, da democracia e do compromisso com o tripé ensino, pesquisa e extensão.


Leia a carta na íntegra assinada pelo reitor da instituição, Ricardo Lodi Ribeiro, no último dia 19 de agosto:

Vimos, uma vez mais, repudiar o projeto de lei n. 4673/21 que propõe a extinção da Uerj e a transferência do seu patrimônio e alunos para a iniciativa privada, cuja tramitação às comissões da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) foi publicada no Diário Oficial de hoje.

A proposta, tão inconstitucional quanto estapafúrdia, não merecerá apoio da esmagadora maioria da Alerj, que reconhece a importância da Universidade para a população fluminense e brasileira, para a educação, a ciência e a tecnologia de nosso país, constituindo-se no maior projeto de inclusão social e na maior agência de políticas públicas do nosso Estado.

A iniciativa visa a excitar hordas radicais, com propósitos eleitorais, sem qualquer compromisso com a democracia, com o progresso da ciência, com a educação, mas, como revela a própria destinação proposta aos bens da Universidade, a interesses inconfessáveis.

No entanto, os que querem a destruição da Uerj serão derrotados uma vez mais. Já estamos em articulação com o parlamento fluminense para que a proposta seja abortada.

A Uerj não será extinta porque ela muda a vida das pessoas para sempre!

Rio de Janeiro, 19 de agosto de 2021.

Ricardo Lodi Ribeiro
Reitor

Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará

Av. da Universidade, 2346 – Benfica – Fortaleza/CE
E-mail: secretaria@adufc.org.br | Telefone: (85) 3066-1818

© 2024. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Web-az

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]