Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

FILIAÇÃO AO ANDES-SN – Durante plenária, docentes defendem unidade e mobilização para enfrentar ataques à categoria

A ADUFC-Sindicato realizou nesta quarta-feira (9/12), às 17h, plenária para debater a possibilidade de refiliação ao ANDES-Sindicato Nacional. O encontro, que ocorreu por videoconferência, resulta de deliberação da última reunião do Conselho de Representantes (CR), no dia 24/11, em uma decisão democrática para ampliar a discussão e elucidar eventuais dúvidas e falsas informações sobre o tema. Essa é a sétima plenária organizada pela ADUFC sobre a necessidade de mobilização nacional para fortalecimento da luta da categoria.

A discussão está no contexto da realização do plebiscito, nos próximos dias 15 e 16 de dezembro, que perguntará a docentes da UFC, UNILAB e UFCA se a ADUFC deve se tornar seção sindical do ANDES-SN. Podem participar da consulta docentes dessas três universidades desde que sejam sindicalizados até 11 de dezembro de 2020. Após o plebiscito, que tem caráter consultivo, será realizada Assembleia Geral no dia 17/12 para deliberar sobre o tema.

O presidente da ADUFC, Prof. Bruno Rocha, fez questão de ressaltar o caráter democrático do CR ao votar majoritariamente pela realização de mais uma plenário e também pelo adiamento da data do plebiscito, ambas as medidas com o propósito de democratizar o debate. O docente também defendeu a filiação ao ANDES-SN como a possibilidade mais coerente, por reforçar uma luta nacional, diante de um cenário em que a categoria enfrenta tantos ataques. “Não estamos aqui por interesses pessoais ou político-partidários. Estamos aqui para tentar colocar a ADUFC no eixo da construção política de defesa da universidade pública”, destaca.

A construção de uma unidade nacional esteve na centralidade das falas de professores e professoras que participaram da plenária. Como sindicato estadual, a ADUFC está hoje isolada das negociações que ocorrem em âmbito federal. “Que tipo de independência é essa (que a ADUFC teria hoje)? É preciso que a gente politize isso”, ressaltou a Profª Lena Espíndola, ex-presidenta e diretora da ADUFC, rebatendo o questionamento de que a instituição teria mais autonomia como sindicato estadual do que compondo um sindicato nacional.

Lena Espíndola ainda salientou que a discussão posta resgata a ideia de um sindicalismo forte e pautado nas lutas coletivas. “Isso passa por uma concepção sindical de uma luta coletiva, pela ideia de que nós somos trabalhadores e servidores públicos e precisamos estar unidos. De querer adotar-se como sindicato. Como você imagina que fica uma instituição que representa uma categoria com carreira federal e que se encontra isolada?”, acrescentou a docente.

Bruno Rocha lembrou que, ao se filiar ao ANDES-SN, o sindicato manterá sua autonomia e suas instâncias de deliberação, como o Conselho de Representantes e a Assembleia Geral, conforme a ADUFC já mostrou em reportagem especial sobre o tema.

Para a Profª Irenísia Oliveira, vice-presidente da ADUFC, o contexto atual requer unidade e mobilização. “Este é um momento que estamos na defensiva e sendo atacados o tempo inteiro. O que podemos fazer para nos fortalecer é avançar como organização”, defendeu. “Urge a gente criar a resistência. Quanto mais a gente demora, mais a gente sofre ataques e mais fracos ficamos”, concordou a Profª Ana Paula Rabelo, também da diretoria da ADUFC.

Convidado pela ADUFC, o Prof. Carlos Diego Rodrigues, do Departamento de Estatística e Matemática Aplicada da UFC, que integra a nova diretoria do ANDES-SN, explicou na reunião sobre a participação da ADUFC nas eleições do Sindicato Nacional, inclusive formando comissão eleitoral para o pleito. “Essa participação da ADUFC também foi possível pelo entendimento do ANDES-SN de que todos os professores podem participar da votação do sindicato nacional”, destaca.

A Profª Zuleide Queiroz, da Universidade Regional do Cariri (URCA), lembrou a complexidade dos desafios enfrentados atualmente pela categoria docente e pelo funcionalismo público. “Com a dimensão que o ANDES-SN tem hoje, com sua capilaridade e o seu enfrentamento, principalmente agora, com todos os ataques, intervenções e propostas de Reforma Administrativa, já está posto que esses ataques não podem ser enfrentados isoladamente por nenhuma instituição. A mobilização de hoje não pode ser feita por uma universidade só. Está evidente que esse desgoverno requer de nós muita unidade, força e articulação”, reforça.

Tema já foi amplamente debatido em assembleias, CR e plenárias da ADUFC

Em dezembro de 2019, foram aprovadas em Assembleia Geral a participação da ADUFC e de professores/as convidados/as em reuniões e eventos do ANDES-SN e a definição de um calendário para debater o tema, que deveria ser iniciado em fevereiro de 2020. Diante da impossibilidade de promover os debates de forma presencial, uma reunião do Conselho de Representantes da ADUFC aprovou novamente o retorno das discussões. Na Assembleia Geral de 25/9, foi definido o calendário do ciclo de plenárias “A nossa luta é nacional!”, concluído no dia 21/10, após seis eventos online articulados com as unidades acadêmicas da Capital e do interior do estado.

Nas plenárias “A nossa luta é nacional!”, foram apresentados aspectos relevantes na decisão de retorno da ADUFC ao ANDES-SN, como o compromisso do Sindicato Nacional com a defesa de um projeto de universidade pública, a importância do fortalecimento de um sindicato nacional, a compreensão de que a defesa do trabalho docente passa pela luta em defesa da educação e do trabalho e a unidade como força que permite a negociação das condições de trabalho e questões salariais.

A diretoria da ADUFC também se coloca à disposição para participar de reuniões de departamento sobre a possibilidade de filiação ao ANDES-SN.

A ADUFC disponibilizou as apresentações feitas nas plenárias “A nossa luta é nacional”, encerradas em outubro, sobre as razões para a refiliação ao ANDES-SN. A playlist completa pode ser acessada no canal da ADUFC no YouTube.

OUÇA AQUI as chamadas para o plebiscito da filiação ao ANDES-SN que estão sendo veiculadas até o próximo dia 16/12 na Rádio Universitária FM 107,9, em spot produzido pela ADUFC-Sindicato.

Para saber como votar no plebiscito, clique AQUI.

Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará

Av. da Universidade, 2346 – Benfica – Fortaleza/CE
E-mail: secretaria@adufc.org.br | Telefone: (85) 3066-1818

© 2024. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Web-az

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]